Prepare seu bolso para os dias de vacas magras

Estando preparados ou não, a crise uma hora ou outra chega

O ditado de vacas magras se refere a um período ou fase ruim. Quando se cria bovinos, na crise não é possível alimentá-los da maneira necessária, assim eles perdem peso. No cotidiano, é comum enfrentarmos algumas crises financeiras, contudo, elas podem ser mais brandas se estivermos preparados.

 

A palavra de ordem do mercado financeiro é instabilidade. Enquanto muitos especialistas se mostram confiantes em relação à melhora da economia brasileira, principalmente com a iminente aprovação da Reforma da Previdência. Outros consideram que a política neoliberal e privatizações podem deixar a situação do país ainda mais difícil.

Não há como prever o futuro do país, contudo, ao menor sinal de crise no orçamento pessoal, é necessário estar preparado, com dinheiro no bolso. Se você está percebendo algum sinal, siga essas dicas:

Converse com a família

Antes que a crise chegue, a família tem que ser uma parceira no controle financeiro. Convoque uma reunião e seja franco com a situação que está por vir. 

A ideia é que todos tenham consciência dos gastos que, por meio do diálogo, vocês tracem metas e ideias para economizar e guardar dinheiro. Toda quantia poderá será útil em um momento de emergência. 

Prioridades

Nessas horas a lista de prioridades pode ser sua melhor amiga. Pegue uma caneta e um papel, ou uma planilha no computador e anote todas as suas despesas, desde as mais básicas e essenciais como água, luz e comida, como as supérfluas, como gastos por compulsão. Depois, basta enumerar uma por uma por ordem de prioridade.

Se você tiver dívidas, coloque-as dentro da lista também. O ideal é ponderar as contas para quitar o mais rápido possível. É muito mais tranquilo passar por uma crise sem estar devendo. Contudo, se não for possível, você pode trocar as dívidas de maior valor de juros por outras de menor valor.

Cuidado com a aquisição de custos fixos

É comum que na época das vacas gordas tenhamos a tendência de querer melhorar algumas coisas, trocar de carro, mudar para um apartamento maior. É claro que não precisa se privar desse tipo de ação, contudo, antes de tomar qualquer decisão, certifique-se que em um momento de crise isso não vá pesar tanto no orçamento. A dica neste caso é ir devagar, se trocou de carro em um ano, espere quitá-lo para mudar de apartamento e assim em diante. 

Conte com novas fontes de renda

As vezes é interessante fazer os chamados “freelas”. Você é bom em inglês? Invista em dar aulas particulares. Gosta de fotografar? Comece a divulgar seus trabalhos nas redes sociais.

Esse dinheiro extra pode ser o diferencial que vai fazer você viver os tempos de vacas magras tranquilamente.

Divirta-se com pouco

É possível divertir com os amigos e a família gastando pouco ou nada. Vamos imaginar, por exemplo, uma ida ao cinema com o seu amor. Você vai gastar com:  transporte, seja público ou carro, se for automóvel ainda tem o estacionamento; ingressos do cinema; pipoca e refrigerante; e quem sabe um lanche após o filme. Você pode trocar por um filme em casa, com pipoca e refrigerante comprados no supermercado e o serviço de streaming que é pago mensalmente. Pode abrir mão do cineminha até as coisas melhorarem e mesmo assim aproveitar bastante o momento. 

Lembre-se que as crises não duram para sempre, com economia e planejamento você pode superar as vacas magras e ter sucesso financeiro. 

Tags: finanças planejamentofinanceiro

Veja mais