Por que 1º de abril é dia da mentira?

Saiba como a data virou uma celebração mundial

Apesar de uma ocasião inusitada, dia 1º de abril é lembrado em todo o mundo como o dia da mentira. Daí surge a curiosidade: por que uma data para comemorar inverdades?

A resposta é, inacreditavelmente, histórica. Em meados de 1562, o então chefe da cidade do Vaticano, Papa da Igreja Católica, Gregório XIII (1502-1585), instituiu um novo calendário para o mundo cristão: o calendário gregoriano, que define o começo do ano em 1º de janeiro.

Contudo, o rei Carlos 9º (1560-1574) só inseriu o decreto do papado na França dois anos após sua formulação, transformando o país no disseminador da ocasião de 1º de abril como dia da mentira: à época, o ano era iniciado exatamente nesta data, uma referência ao primeiro dia de primavera e ao início das colheitas.

 Resistentes, os franceses continuaram a contar o início de seu ano em 1º de abril, divergindo sua data do resto do mundo ocidental e, consequentemente, sendo alvos de gozação pela data da “mentira” de primeiro dia do ano. Conforme os anos progrediam na data incorreta, eles passaram a receber presentes e prendas na ocasião, como uma chacota aos conservadores que insistiam na comemoração de ano novo em 1° de abril.

A ridicularia terminou consagrando uma tradição na França por aproximadamente 200 anos e ganhou o mundo a partir dali, chegando à Inglaterra e espalhando-se por todo o mundo.

As brincadeiras são muito comuns na data e hoje reunimos algumas que grandes empresas mundiais já pregaram à população:

A sony já lançou dispositivos caça fantasmas

 

O Proton Pack, um dispositivo que prometia acabar com os fantasmas que assombram casas e impedem o descanso dos seus usuários.

 

A Prefeitura de Salvador fez parcerias com jornais da capital e juntos criaram capas fictícias para a ocasião

Num estilo “mentiras que gostaríamos que fossem verdades”, a campanha foi proposta como algo a mais que diversão: as notícias se referiam ao fim de assuntos como preconceito, discriminação e agressão contra mulheres para conscientizar a população.

 

A Linkedin criou o “Linkedin para gatos”

O perfil de 1º de abril permitia que amantes dos felinos criassem perfis sociais com as profissões dos animais para conexão.

 

O Google entra na brincadeira quase todo ano

Já produziu sua marca de bebidas, seu sistema de delivery, jogos, anúncios de robôs e muitos mais.

A dica do dia é: não acredite em tudo que ler hoje.

Tags: 1º de abril comemoração mentira